Chuvarada – Municípios da região ainda não tiveram decreto de situação de emergência homologado pelo governo

O governo federal reconheceu nesta sexta-feira (16) a situação de emergência de mais quatro cidades do Rio Grande do Sul atingidas por chuva e vento entre o fim de maio e o começo de junho. Na quarta (14), outros 18 municípios foram contemplados.

Barão de Cotegipe, Pedras Altas, Porto Mauá, e Porto Xavier aparecem na publicação do Ministério da Integração Nacional no Diário Oficial da União desta sexta. Abaixo, veja a lista completa das cidades já beneficiadas.

Esse reconhecimento permite que os municípios solicitem recursos materiais e financeiros do governo federal para ações de socorro, assistência às vítimas, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução. Conforme o DOU, as portarias entram em vigor na data da publicação.

De acordo com o último boletim da Defesa Civil estadual, 214 municípios gaúchos sofreram algum tipo de prejuízo com os últimos temporais, sendo que 131 prefeituras decretaram emergência.

Antes de a União reconhecer a situação, o governo estadual precisa homologar esses decretos. Essa primeira etapa dá acesso a benefícios relativos à ajuda humanitária.

Seguem fora de casa em razão de enchentes ou outros problemas 11.995 pessoas, também segundo a Defesa Civil. Segundo atualização de quinta-feira (15), 277 pessoas conseguiram retornar para suas residências.

Palmitinho, Pinheirinho do Vale, Frederico Westphalen e vários outros municípios da região celeiro e região do Médio Alto Uruguai decretaram situação de emergência, mas o documento ainda não foi reconhecido.

Cidades com reconhecimento:

  1. Cristal, por tempestade local e chuvas intensas
  2. Itaqui, por inundações
  3. Miraguai, por enxurradas
  4. São José das Missões, por enxurradas
  5. Sinimbu, por enxurradas
  6. Tiradentes do Sul, por enxurradas
  7. Vila Lângaro, por enxurradas
  8. Casca, por enxurradas
  9. Chiapetta, por enxurradas
  10. Itapuca, por enxurradas
  11. Não-Me-Toque, por enxurradas
  12. Pirapó, por tempestade e chuvas intensas
  13. Redentora, por enxurradas
  14. Roque Gonzales, por enxurradas
  15. Santo Ângelo, por enxurradas
  16. Terra de Areia, por enxurradas
  17. Tunas, por enxurradas
  18. Uruguaiana, por inundações
  19. Barão de Cotegipe, por enxurradas
  20. Pedras Altas, por tempestade e chuvas intensas
  21. Porto Mauá, por inundações
  22. Porto Xavier, por tempestade e chuvas intensas

Jornalismo do Grupo Chiru.

G1 RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *