Investigação – Mais de 30 pessoas são atendidas com intoxicação em município da região.

As autoridades sanitárias de São Paulo das Missões, no Noroeste do Rio Grande do Sul, investigam o que teria causado a intoxicação de cerca de 30 pessoas que procuraram o hospital da cidade em poucos dias.

Um laboratório de Porto Alegre faz análise dos exames coletados, como parte da investigação conduzida pela Coordenadoria Regional de Saúde.

Em menos de uma semana, as 30 pessoas intoxicadas foram internadas no Hospital de São Paulo das Missões com os mesmos sintomas característicos de intoxicação, como vômito, cólica intestinal e diarreia. O número elevado de atendimento fez com que o hospital adotasse um procedimento padrão.

“A maioria ficou internada entre 48 a 72 horas, e agora continua o tratamento, e em observação em em conformidade com a vigilância local, que também está sabendo desse caso”, afirma o administrador do hospital, Julci Dias.

A causa da intoxicação ainda é investigada. Funcionários da Secretaria de Saúde da cidade coletaram amostras dos pacientes e também da água na tentativa de identificar se os casos estão relacionados com algum vírus ou infecção alimentar.

As amostras foram enviadas para o Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Sul (Lacen), em Porto Alegre, e o resultado deve sair dentro de 30 dias.

“A secretaria, através de sua equipe, ficou responsável pela coleta das amostras e informações, e as análises são feitas pelo Laboratório Central do estado. É de lá que vai vir o resultado do que foi o causador da infecção, dessa intoxicação, e saber o que está causando esse mal para a nossa população”, disse o secretário de Saúde de São Paulo das Missões, Jorge Fank.

Jornalismo do Grupo Chirú.

G1 RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *