Santa Maria: Justiça dá oito meses para prefeitura criar 28 equipes ESF

Tribunal de Justiça (TJ) gaúcho deu prazo de oito meses para que a prefeitura de Santa Maria crie 28 novas equipes do Estratégia Saúde da Família (ESF). A prefeitura afirma que irá recorrer da decisão por entender que o prazo é insuficiente para que se possa aprovar uma lei com a criação dos cargos na Câmara de Vereadores e, posteriormente, para a contratação dos profissionais.

O Executivo afirma que trabalha, já para este ano, para obter a homologação de cinco novas equipes de ESF junto ao Ministério da Saúde. Com isso, o número sairia das atuais 16 para 21 equipes de ESF.

A condenação do município, que é de dezembro do ano passado, tem como origem uma ação civil pública movida pelo MP Estadual contra a prefeitura. No entendimento do MP, o governo municipal deve dar enfrentamento a esse déficit.

A prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, reitera que trabalha para combater o déficit. E, inclusive, adianta que a Secretaria de Saúde está debruçada na elaboração de um cronograma próprio para viabilizar mais equipes. Contudo, a administração destaca que o passivo já se arrasta desde 2007.

A ideia da prefeitura é que, até o fim da administração (que se encerra em 2020), o número de equipes chegue a 45.

 

Jornalismo Chiru Comunicações

Fonte Gaúcha SM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *