Temporal causa duas mortes no RS

Um vendaval atingiu municípios do interior do Rio Grande do Sul entre a noite de segunda-feira, 11, e a madrugada desta terça-feira, 12. Há relatos de casas destelhadas e postes caídos em municípios do Vale do Caí, da Serra, da Região Central e do Norte gaúcho – onde o temporal causou duas mortes, uma em Ciríaco e outra em Sarandi. Balanço da Defesa Civil contabiliza 21 municípios afetados e 984 casas atingidas desde domingo, 10, no Estado.

A morte do morador de Ciríaco ocorreu na área rural. De acordo com familiares, o vento forte derrubou a casa de madeira em que José Alves Nunes, conhecido como José de Arquiles, morava.

O homem de 54 anos foi levado por familiares até o Hospital São José, em David Canabarro, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com o laudo médico do hospital, a vítima sofreu politraumatismo no corpo e fratura no crânio.

O município está sem luz e teve postes e árvores derrubados. Há pelo menos 80 casas destelhadas.

Em Sarandi, Rita Didomênico, 69 anos, morreu após a casa em que residia desabar na localidade de Linha Águas do Ângico, por volta das 3 horas desta terça-feira, 12. Conforme a Polícia Civil, a idosa possuía deficiência física e não conseguiu deixar o local.

A filha e um neto dela também estavam na casa e se abrigaram em um carro. Os dois foram resgatados cerca de quatro horas depois, já na manhã desta terça-feira, 12, e levados para um hospital com ferimentos leves.

Fonte: GaúchaZH

Edição: Jornalismo Grupo Chiru

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *