Menu

20°

Palmitinho - RS
34° max
18° min

Fechar

20°

Palmitinho - RS
34° max
18° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • “A tese da defesa, que aponta Rodrigo como assassino do filho é absurda”, diz advogado, assistente de acusação

    “A tese da defesa da ré, que aponta Rodrigo como assassino de Rafael é absurda”. Foi o que disse o Advogado e assistente de acusação no julgamento de Alexandra Dougokenski, Daniel Tonetto. Durante entrevista ao programa Manhã News do Grupo Chiru o advogado que estará ao lado do Pai de Rafael durante o julgamento salientou que Alexandra deve ser condenada a pena máxima de prisão pelo crime, que segundo o advogado, ela cometeu.

    “Os senhores devem se recordar que a ré já mudou de versão por cinco vezes, num primeiro momento ela disse que o filho estava desaparecido, depois diz que matou sem intenção, imputa ao Rodrigo essa morte, coloca outras pessoas no processo, e mais de uma vez ela já foi diagnosticada como uma pessoa mentirosa,” pontuou. 

    Daniel Tonetto salienta que a investigação policial aponta de forma cabal que Rodrigo estava em Bento Gonçalves do dia do ocorrido. Disse que existem provas testemunhais e materiais que apontam para isso, o que retira completamente o Pai da cena do crime. Sobre a fala do Advogado Jean Severo que promete mostrar conteúdos novos extraídos do celular do Pai, Daniel Tonetto apenas disse que este é o trabalho da defesa, tentar inocentar a sua cliente.

    "Uma mulher fria, calculista que matou o prórpio filho", pontua o advogado.  “Ela tem que ser condenada em pena máxima, porque uma mãe que mata o próprio filho e ainda mostra um total descaso sobre o fato, fazendo uma comunidade toda procurar uma criança que na verdade estava a poucos metros dali, morta em uma caixa de papelão, não merece menos que isso, uma condenação exemplar”, ressaltou Tonetto.

    Por conta do drama que envolve esse julgamento, Daniel Tonetto diz que este será o juri mais difícil que enfrentará durante a sua vida na advocacia. Ele ressalta que conhece a comunidade de Planalto e garante que a cidade saberá julgar a única pessoa responsável pela morte de Rafael, a própria mãe. Questionado sobre a atual situação do Pai, Tonetto salienta que Rodrigo lamenta muito o acontecido e somente fala que arrancaram dele o seu único filho, que este seria o seu grande companheiro de vida. Por fim, Daniel Tonetto ressaltou a importância da atenção da população neste julgamento e que espera à ré nada menos que a condenação máxima.

    Luciano Belinaso - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Corujão com . 00:00 - 06:00

    FM
    91,1

    Madrugada 91

    .

    00:00 - 05:30

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    00:00 - 05:00

    FM
    107,9

    Corujão

    .

    00:00 - 06:00