Menu

Palmitinho - RS
17° max
8° min

Fechar

Palmitinho - RS
17° max
8° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • PC abre investigações contra fake news e age contra crimes registrados durante ações das cheias

    A Secretaria da Segurança Pública (SSP) do Rio Grande do Sul está trabalhando deste a terça-feira, 7 de maio, na identificação e disseminação de notícias falsas na internet e irá buscar a responsabilização dos autores.

    De acordo com o secretário da SSP, Sandro Caron, essas pessoas serão identificadas, responsabilizadas e punidas com todo o rigor possível. "Infelizmente no meio dessa grande crise tem pessoas usando a internet para obter ganho financeiro e outros perfis disseminando fake News e aumentando o medo da população, deixo aqui o nosso compromisso de responsabilizar todas essas pessoas", comentou.

    O delegado chefe da PC pontua ainda que a Polícia Civil já está com investigações em curso, identificando quem busca lucrar com a situação. "Já estamos com oito investigações em curso e responsabilizaremos todas as pessoas que estão usando a internet para obter lucro pessoal ou causar pânico na população", salientou.

    Notícias veiculadas como exigência de habilitação para conduzir barco e jet-ski, corpos boiando em Canoas, disseminação de pix falso em nome do governo do Estado, são exemplos de desinformação que estão sendo apuradas.

    Como identificar fake ou golpe

    O Delegado de Polícia, especialista em crimes cibernéticos, Emerson Wendt, aproveita para dar dicas de como a população pode se proteger e selecionar o que é divulgado na internet. "Há muita informação falsa, errada ou não conferida e isso causa, além do pânico mais problemas especialmente para quem tá na organização das ações e na área de segurança", explicou.

    Sobre as doações Wendt reforça que é importante conferir para quem está sendo feita a doação. "Cuidem muito a questão dos golpes, se o código PIX é realmente da instituição que vocês estão a fim de fazer e entregar as doações. Infelizmente há muitos aproveitadores neste momento que estão causando sérios prejuízos", pontuou.

    No âmbito federal

    Neste mesmo sentido, o governo do presidente Lula (PT) decidiu reprimir a disseminação de informação falsa sobre ações de ajuda às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Em reunião no Planalto nesta terça-feira, 7, ministros defenderam acionar a Polícia Federal para investigar os responsáveis. O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Paulo Pimenta, chegou a dizer que é preciso prender os responsáveis "As mentiras estão sendo prejudiciais ao esforço que está sendo feito no Rio Grande do Sul", declarou o ministro citar ainda os crimes que estão ocorrendo durante os salvamentos.

    –Tem gente trabalhando 24 horas por dia, quatro dias sem dormir, sejam das forças de segurança e voluntários da comunidade. As pessoas colocando a vida em risco para salvar as pessoas. Enquanto isso, há uma indústria de fake News alimentada por parlamentares, por influencers, por pessoas que se dedicam a atrapalhar o esforço que está sendo feito para salvar vidas – salientou Pimenta.

    O comandante militar do Sul, General Hertz Pires do Nascimento, relatou o impacto da propagação de notícias falsas nas operações de salvamento. Há mentiras sobre retenção de donativos, transporte de oxigênio, situações que envolvem hospitais. Notícias que causam ainda mais apreensão a uma população fragilizada pelas inúmeras perdas.

    O Ministro Pimenta citou ainda que tem gente fazendo saques em residências abrigos, gente roubando barcos e jet-ski. "Não é possível assistir tudo isso calado é preciso um reforço para poder de forma exemplar identificar e responsabilizar quem está comentedo crimes sejam eles no ambiente digital ou no dia-a-dia de trabalho", completou.

    O governador Eduardo Leite solicitou ao Ministério da Justiça mais homens da Força Nacional e acionou governadores dos demais estados do Sul para envio de efetivos policiais. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, autorizou o envio de mais 100 agentes da Força Nacional para auxiliar na segurança dos abrigos.

    Outra medida será a contratação temporária de policiais da reserva.

    Leia mais

    BM lança edital de convocação de militares da reserva para atuar em municípios atingidos pelos evento climáticos

    Enchentes no RS: MP intensifica combate às fake news

    MP ajuíza ação cautelar contra perfis fakes que pedem dinheiro a desabrigados

     

    Heloise Santi - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Boteco da Chiru com Liliane Caratti 19:00 - 21:00

    FM
    91,1

    Clube da 91

    Amanda Busnello

    19:00 - 21:00

    FM
    104,3

    Programa do Julinho

    Julinho Balestrin

    19:00 - 21:00

    FM
    107,9

    Boteco da Chiru

    Liliane Caratti

    19:00 - 21:00