Menu

17°

Palmitinho - RS
26° max
16° min

Fechar

17°

Palmitinho - RS
26° max
16° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Relatório final da CPI da Pandemia deve ser votado na próxima semana

    A votação do relatório final da CPI da Pandemia foi adiada para a semana que vem. A leitura vai acontecer nesta quarta-feira 20), como informou o vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues. Ele comentou sobre os próximos passos para a conclusão do documento. Segundo ele, a ideia agora é reduzir as divergências do relatório para finalizar o documento.

    O relator da CPI, Renan Calheiros, comentou sobre o vazamento na imprensa, de informações do relatório preliminar, o que teria gerado desconforto entre ele e outros senadores da Comissão. O parlamentar afirmou que o relatório ainda está aberto e é uma construção coletiva. 

    Nesta segunda-feira (18), a CPI ouviu cinco vítimas diretas e indiretas da covid-19, uma de cada região do país. A representante da Região Norte, a enfermeira Mayra Pires Lima, de Manaus, no Amazonas, perdeu a irmã para a doença e cuida agora dos quatro filhos dela. Ela falou sobre as dificuldades da profissão na pandemia, inclusive, sobre o quanto é difícil para os profissionais lidarem emocionalmente numa situação de pandemia.

    Pela região Centro-Oeste, o jornalista Arquivaldo Bites Leão Leite, que perdeu seis parentes para a covid-19, relatou que pegou o vírus há três meses, e ainda luta para se recuperar das sequelas da doença.  Ele teve um AVC, perdeu a audição de um dos ouvidos e tem dificuldade para andar.

    Da região Nordeste, a jovem Geovana Dulce, de 19 anos, contou que, em um intervalo de quinze dias, os pais dela morreram, e hoje é responsável pela irmã, de 10 anos.

    Representando o sudeste, Kátia Shirlene Castilho dos Santos, de São Paulo, terminou o depoimento recomendando que todos tomem a vacina porque quando perdeu o pai e a mãe para a covid ainda não havia imunizante disponível.

    Também falaram aos senadores Rosane Brandão, da região Sul, que ficou viúva; e o taxista Marcio Antônio do Nascimento, que perdeu a irmã e o filho. O motorista ficou conhecido após uma filmagem na praia de Copacabana, em abril de 2020, na qual ele recolocava cruzes de uma manifestação que homenageava as 100 mil vítimas da doença, e que haviam sido derrubadas.

    Depois dos depoimentos, o relator da CPI, senador Renan Calheiros, disse que vai sugerir a inclusão no relatório de uma pensão, no valor de um salário mínimo, para as crianças órfãs da Covid, até que elas completem 21 anos de idade. Ele também pretende que a doença entre na lista das que permitem aposentadoria por invalidez quando a perícia médica atestar.

    *Com informações da Agência Brasil

    Priscila Silveira - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Corujão com . 00:00 - 06:00

    FM
    91,1

    Madrugada 91

    .

    00:00 - 05:30

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    00:00 - 05:00

    FM
    107,9

    Corujão

    .

    00:00 - 06:00