Menu

35°

Palmitinho - RS
35° max
18° min

Fechar

35°

Palmitinho - RS
35° max
18° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • RS passa a contar com 331 novos agentes da Polícia Civil

    O governo do Estado celebrou, nesta segunda-feira, 29, o ingresso de 331 novos agentes na Polícia Civil do Rio Grande do Sul. O governador Eduardo Leite assinou virtualmente, a partir do celular, a nomeação dos 175 inspetores e 156 escrivães. Nos próximos dias, após a posse, eles passarão a reforçar os quadros de diversas delegacias em todas as regiões do Estado.

    Leite definiu a formatura como mais um resultado da retomada do equilíbrio fiscal das contas públicas. “Imaginem fazer segurança pública com salário atrasado e viatura antiga, que quando estragava demandava vaquinha da comunidade local para o conserto ou até para o combustível. Além disso, sem tecnologia também, com os servidores tendo de levar computador e impressora para usar na delegacia. Isso acontecia no Rio Grande do Sul há bem pouco tempo”, lembrou o governador.

    Titular da Secretaria da Segurança Pública (SSP), o delegado federal Sandro Caron ressaltou a importância do ingresso de novos agentes na Polícia Civil para reforçar a ação integrada das instituições vinculadas da SSP por meio do programa RS Seguro. Essa integração é considerada fator essencial para a queda histórica observada nos indicadores de criminalidade. “Trabalho de segurança pública é trabalho em equipe, com todas as instituições da SSP, do Ministério Público, da Defensoria e de órgãos federais e municipais. Essa é a premissa do RS Seguro que proporcionou a virada de jogo no combate ao crime no Estado. E o ingresso dos novos servidores vai fortalecer o sistema”, afirmou o secretário.

    A turma

    A formatura que foi realizada no Teatro do Sesi, no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do RS (Fiergs), em Porto Alegre, marcou o encerramento do Curso de Formação Profissional da 58ª Turma de Escrivães e da 57ª Turma de Inspetores como última etapa do processo seletivo para ingresso nas carreiras da Polícia Civil. Ao todo, 170 mulheres e 161 homens prestaram juramento de servir e proteger a sociedade gaúcha. A maior parte dos formandos é natural de diversos municípios do Rio Grande do Sul, mas 36 vieram de outros Estados, sendo 23 inspetores e 13 escrivães do Piauí, do Ceará, do Acre, de Minas Gerais, do Mato Grosso, do Mato Grosso do Sul, de Goiás, do Rio de Janeiro, de São Paulo, do Paraná e de Santa Catarina.

    O chefe de Polícia, delegado Fernando Sodré, ressaltou o avanço no ingresso de efetivo na instituição. Nos últimos cinco anos, foram nomeados mais de 1,8 mil servidores entre delegados e agentes, o que representa 34,3% de todo o efetivo atual da Polícia Civil, com 5.781 policiais – um aumento de cerca de 14% em relação a 2019, quando teve início o primeiro ciclo do governo Leite.

    Os números da segurança no RS

    O balanço do ano passado mostrou que 2023 foi o ano mais seguro desde o início da série histórica de contabilização, com os menores números em diversas formas de roubo (de veículos, de cargas, a pedestres e a estabelecimentos comerciais). Também houve redução inédita nos crimes violentos letais intencionais (homicídio, latrocínios e feminicídios), que pela primeira vez somaram menos de 2 mil vítimas em um ano. “Nunca percam o brilho no olhar, a empolgação. A gente precisa amar o que faz. Não é fácil ser policial no Brasil. Vocês não trabalham para o chefe de Polícia, o secretário ou o governador, vocês trabalham para apresentar resultados, como os que temos tido, à população”, disse Caron aos novos servidores.

    Heloise Santi - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Show Sertanejo com Edinei Dal Asta 12:00 - 16:00

    FM
    91,1

    Sábado Livre

    Helena Knob

    13:00 - 17:00

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    14:30 - 19:00

    FM
    107,9

    Show Sertanejo

    Edinei Dal Asta

    12:00 - 16:00