Menu

22°

Palmitinho - RS
25° max
20° min

Fechar

22°

Palmitinho - RS
25° max
20° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • 2,9 mil bicaquenses integram os grupos prioritários da vacinação contra influenza

    A Campanha Nacional de Vacinação segue até dia 31 de maio

    A Secretaria Municipal da Saúde de Coronel Bicaco começou, na segunda-feira, 25 de março, a aplicação de doses contra o vírus da influenza. A Campanha Nacional de Vacinação segue até dia 31 de maio.

    Os moradores de Coronel Bicaco que compõem os grupos prioritários devem se dirigir à sala de vacinas – que funciona junto à SMS. A definição dos grupos elegíveis considera aquela parcela da população com maiores chances de agravamento em caso de infecção pelo vírus ou que estão mais expostas ao agente causador da doença.

    No município, 2.967 pessoas fazem parte dos grupos prioritários e a meta é atingir 90%. Vale ressaltar que, antes da imunização, é necessária a apresentação da carteira de vacinação e um documento oficial de identificação.

    O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação será realizado em 13 de abril.

    Grupos Prioritários 

    - Crianças (a partir dos seis meses a menores de seis anos de idade);

    - Pessoas com 60 anos ou mais;

    - Gestantes;

    - Puérperas;

    - Povos indígenas;

    - Trabalhadores de saúde (em atividades na assistência, vigilância, apoio, cuidadores, doulas/parteiras e estudantes prestando atendimento em serviços de saúde);

    - Pessoas com deficiência permanente;

    - Adolescentes em medidas socioeducativas;

    - População privada de liberdade;

    - Funcionários do sistema de privação de liberdade;

    - Pessoas com comorbidade;

    - Professores;

    - Forças armadas;

    - Pessoas em situação de rua;

    - Forças de segurança e salvamento;

    - Caminhoneiros;

    - Trabalhadores de transporte coletivo;

    - Trabalhadores portuários.

    A doença 

    A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório, de elevada transmissibilidade. Os casos podem variar de quadros leves a graves e podem levar ao óbito. É uma infecção respiratória aguda causada pelos tipos A, B, C e D, sendo os vírus A e B responsáveis por epidemias sazonais em humanos. Além disso, o vírus influenza A encontra-se especificamente associado a eventos pandêmicos, como o ocorrido em 2009 com a pandemia de influenza A (H1N1).

    Por que vacinar? 

    A infecção respiratória por influenza se apresenta em formas leves ou agudas. O objetivo da estratégia de vacinação é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade em grupos específicos da população, considerados mais frágeis ou suscetíveis ao vírus. A vacina contra a influenza promove imunidade capaz de reduzir o agravamento da doença, as internações e o número de óbitos.

    *Informações Ascom/Coronel Bicaco 

    Heloise Santi - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: A Voz do Brasil com . 21:00 - 22:00

    FM
    91,1

    A Voz do Brasil

    .

    21:00 - 22:00

    FM
    104,3

    A Voz do Brasil

    .

    21:00 - 22:00

    FM
    107,9

    A Voz do Brasil

    .

    21:00 - 22:00