Menu

19°

Palmitinho - RS
33° max
18° min

Fechar

19°

Palmitinho - RS
33° max
18° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Defesa de Alexandra questiona retirada da ré quatro horas antes do horário marcado para depoimento

    A defesa tenta demonstrar aos jurados do caso que Alexandra foi coagida dentro do palácio da polícia para que falasse o que os policiais gostariam de ouvir.

    A defesa da ré Alexandra Salete Dougokenski, acusada de assassinar o próprio filho, Rafael Winques em Maio de 2020 na cidade de Planalto, no norte do Estado, iniciou o seu interrogatório ao Delegado de Polícia Ercílio Carletti, questionando o porquê a sua cliente foi retirada do presídio de Guaíba, onde estava presa, para que ela prestasse depoimento quatro horas antes do horário marcado.

    A defesa tenta demonstrar aos jurados do caso que Alexandra foi coagida dentro do palácio da polícia para que falasse o que os policiais gostariam de ouvir. “Essa mulher está bem!”, disse o advogado Jean Severo ao demostrar uma imagem que a ré estava passando mal durante o interrogatório.

    Jean Severo já havia dito durante entrevista ao Grupo Chiru que iria demonstrar fatos, fotos e vídeos que atestaria a inocência da mãe. Ao chegar ao fórum de Planalto, na manhã desta segunda-feira (16), Severo retornou a mencionar que a banca de defesa irá comprovar a inocência da sua cliente.

    Luciano Belinaso - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Corujão com . 00:00 - 06:00

    FM
    91,1

    Madrugada 91

    .

    00:00 - 05:30

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    00:00 - 05:00

    FM
    107,9

    Corujão

    .

    00:00 - 06:00