Menu

21°

Palmitinho - RS
25° max
20° min

Fechar

21°

Palmitinho - RS
25° max
20° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Estado entrega cestas básicas para ex-funcionários da Mais Frango

    As cestas foram entregues pela Defesa Civil ao município de Braga

    Atendendo uma necessidade da comunidade de Braga, onde pelo menos 120 famílias foram afetadas com as demissões após o incêndio no Frigorifico Mais Frango, de Miraguaí, o Governo deo Rio Grande do Sul, por meio da Defesa Civil encaminhou ao município cestas básicas que serão distribuidas às famílias. O incêndio que atingiu a empresa, consumiu 95% do parque fabril em 17 de dezembro.

    De acordo com o Tenente Coronel Alexandre Moreira Pereira, Coordenador Regional de Proteção e Defesa Civil (CREPDEC 7 Frederico Westphalen) as cestas foram entregues a estas famílias pois mesmo com os acordos e tendo sido atendidas pela empresa, o fato de não estarem trabalhando comprometeu a subsistência das mesmas. “É uma resposta a essas famílias que foram afetadas em virtude do incêndio, mesmo Braga estando em situação de emergência essas cestas são exclusivamente para atender os ex-funcionários do frigorifico”, destacou.

    Os donativos foram recebidos pelo Coordenador Municipal da Defesa Civil, e o Secretário de Desenvolvimento Rural e de Meio Ambiente da cidade, que serão responsáveis pela entrega das mesmas. Foram repassadas pelo estado 120 cestas básicas.

    Comunicado da empresa

    Em comunicado apresentado ainda no mês de janeiro a empresa afirmou que o frigorifico deverá ser reconstruído. Os levantamentos técnicos iniciais, contudo, apontam que a obra deve se prolongar por 15 meses. Dessa forma, a empresa se reuniu com representações das categorias de trabalhadores a fim de buscar um acordo.

    De acordo com a nota, “houve a construção de uma proposta alternativa, com sensível redução dos impactos econômicos sobre os trabalhadores que serão despedidos, e com a garantia de que eles terão preferência para recontratação, quando a empresa retomar as suas atividades normais, tão logo haja a reconstrução do frigorífico”.

     E finalizou afirmando que: “A empresa tem o firme sentimento de que esse momento difícil será superado, e continuará contando com o apoio de todos”.

    Busca de alternativas

    A equipe administrativa e técnica do Mais Frango, juntamente com lideranças regionais estiveram em encontro com o BNDES em busca de soluções via linhas de créditos e demais políticas do banco para reconstruir o abatedouro de aves e retomar a economia local, já que a Mais Frango gera cerca de 1.300 empregos diretos, sendo a principal empresa criadora de postos de trabalho no município e na região.

    Lideranças buscam linhas de crédito no BNDES para reconstrução do Frigorífico Mais Frango, de Miraguaí

    Heloise Santi - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Corujão com . 23:00 - 00:00

    FM
    91,1

    Deixa Rolar

    .

    22:00 - 00:00

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    22:00 - 00:00

    FM
    107,9

    Corujão

    .

    23:00 - 00:00