Menu

21°

Palmitinho - RS
35° max
20° min

Fechar

21°

Palmitinho - RS
35° max
20° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Governo participa da abertura oficial do plantio da soja no RS

    Atualmente, o RS reveza a segunda posição nacional com o Paraná como maior produtor do segmento. O primeiro colocado é o Mato Grosso

    O Governo do Estado participou da abertura oficial do plantio da soja no Rio Grande do Sul, na manhã desta terça-feira, 11 de outubro, em Júlio de Castilhos. O início simbólico se deu em cerimônia realizada no Sindicato Rural da cidade e contou com a presença do governador Ranolfo Vieira Júnior, do secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Domingos Velho Lopes, do prefeito de Júlio de Castilhos, Bernardo Quatrin Dalla Corte, empresários, lideranças e produtores rurais.

    Segundo estimativa inicial da safra divulgada pela Emater/RS-Ascar no final de agosto, a produção de soja pode alcançar no Estado 20,5 milhões de toneladas no ciclo 2022/2023. A área plantada está projetada em 6,5 milhões de hectares.

    "A cadeia da soja representa cerca de 20% do PIB gaúcho. É um segmento que olhamos com muita atenção. Por isso, uma das nossas diretrizes foi mitigar ações para ajudar os produtores em momentos de estiagem, que infelizmente são mais frequentes e mais acentuadas. Mas esta nova sofra traz uma boa expectativa, e deveremos seguir como o segundo estado produtor de soja do país, só atrás de Mato Grosso. O sucesso do campo é o sucesso do nosso Estado", disse o governador.

    A soja é cultivada em todas as regiões do Estado, por pequenos, médios e grandes produtores, com maior concentração no Norte e no Noroeste. Entre os principais municípios gaúchos estão Tupanciretã, Cachoeira do Sul, Palmeira das Missões, São Gabriel, Cruz Alta, Júlio de Castilhos, Dom Pedrito e Santa Bárbara do Sul.

    Atualmente, o RS reveza a segunda posição nacional com o Paraná como maior produtor do segmento. O primeiro colocado é o Mato Grosso. No ciclo 2020/2021, a safra gaúcha de soja alcançou uma produção recorde de 20,4 milhões de toneladas. Em 2021/2022, a colheita foi de 9,3 milhões de toneladas, dado que reflete a quebra provocada pela estiagem que assolou o Estado.

    Grande parte da soja gaúcha é exportada. Em 2021, o Estado embarcou mais de 15 milhões de toneladas de produtos do complexo soja para 55 países, movimentando US$ 7,81 bilhões. A China foi a maior compradora. Esta é a principal pauta das exportações do agronegócio gaúcho, tendo sido responsável por mais de 50% das exportações do agro em 2021.

    "O complexo da soja, que gera 1/5 da riqueza do nosso Estado e é muito importante para o Brasil. Espero que tenhamos uma grande safra e uma boa sorte em relação ao clima", afirmou o secretário Lopes.

    SOS Estiagem inicia pagamentos

    Durante a abertura do plantio, o governador Ranolfo anunciou o início do pagamento do SOS Estiagem. Serão R$ 80 milhões para 80 mil famílias de pequenos produtores. O pagamento se inicia nesta quinta-feira, 13 de outubro, via Banrisul. Na primeira fase, 12.900 famílias serão contempladas, entre assentados da reforma agrária, ribeirinhos, índigenas e quilombolas.

     

    *Com informações do Governo do RS

    Helena Knob
    No Ar: Playlist Chiru com . 22:00 - 23:00

    FM
    91,1

    Deixa Rolar

    .

    22:00 - 00:00

    FM
    104,3

    A Voz do Brasil

    .

    21:00 - 22:00

    FM
    107,9

    Playlist Chiru

    .

    22:00 - 23:00