Menu

12°

Palmitinho - RS
16° max
11° min

Fechar

12°

Palmitinho - RS
16° max
11° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Municípios do Médio Alto Uruguai recebem R$ 517 mil em investimentos para a saúde

    A Secretaria Estadual da Saúde (SES) repassou no inicio do mês de outubro, R$ 517 mil aos municípios da região Médio Alto Uruguai, para o financiamento do programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) e a Política Estadual de Incentivo para Qualificação da Atenção Básica (PIES). Na quarta-feira, dia 15, um montante de R$ 198.758,00 em recursos do Tesouro do Estado, foram repassados diretamente aos municípios de Rio dos Índios, Dois Irmãos das Missões, Gramado dos Loureiros, Trindade do Sul, Alpestre, Ametista do Sul, Caiçara, Cristal do Sul, Erval Seco, Frederico Westphalen, Irai, Novo Tiradentes, Palmitinho, Pinhal, Pinheirinho do Vale, Planalto, Rodeio Bonito, Seberi, Taquaruçu do Sul, Vicente Dutra, Vista Alegre e Nonoai, para financiamento do programa ESF. Com esta parcela, o total repassado pela SES para custeio e qualificação das equipes do programa, nos últimos três anos, chega a R$ 267 milhões. Além do recurso liberado para a ESF, Trindade do Sul, Frederico Westphalen, Nonoai, Rio dos Índios, Dois Irmãos das Missões, Gramado dos Loureiros, Alpestre, Ametista do Sul, Caiçara, Cristal do Sul, Erval Seco, Irai, Novo Tiradentes, Palmitinho, Pinhal, Pinheirinho do Vale, Planalto, Rodeio Bonito, Seberi, Taquaruçu do Sul, Vicente Dutra, Vista Alegre e Vista Gaúcha, receberam outros  R$ 318.705,41 relativos ao PIES, em 10 de outubro. A distribuição dos recursos leva em conta o coeficiente populacional e a população de crianças e idosos. Nesta rubrica, o financiamento passou de 15 milhões para 120 milhões de reais previstos para 2014. Os municípios com menor renda per capita e maior vulnerabilidade social receberam um valor maior, com o objetivo de qualificar o acesso aos serviços de Saúde. O recurso pode ser utilizado pelos gestores municipais para despesas de custeio, pagamento de salários e gratificações, equipamentos e veículos, reformas e ampliações de Unidades Básicas de Saúde, aluguel, entre outras ações que visem ampliar os serviços de Atenção Básica. O Rio Grande do Sul foi o primeiro Estado a definir critérios sociais para distribuição desses recursos. Os repasses de outubro correspondem à parcela de maio do ESF e PIES.   Heloise Santi   Poliana Grudka- Jornalismo Grupo Chiru Comunicações

    Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Corujão com . 23:00 - 00:00

    FM
    91,1

    Madrugada 91

    .

    00:00 - 05:00

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    00:00 - 05:00

    FM
    107,9

    Corujão

    .

    23:00 - 00:00