Menu Ouça ao vivo

Fechar

  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Prefeito de Três Palmeiras diz que é desumano colocar BM no combate a assaltos a banco

    Agência do Sicredi foi atacada na tarde desta segunda-feira

    Silvânio Antônio Dias, prefeito de Três Palmeiras, lamentou, em entrevista ao programa Gaúcha +, o ataque a uma agência bancária no município, na tarde desta segunda-feira, 03 de novembro. No entendimento do chefe do Executivo, o combate a esse tipo de ação criminosa deve ser desempenhado por meio de serviço de inteligência, pois a Brigada Militar (BM) da cidade fica em desvantagem contra os bandidos e eventual embate pode gerar consequências mais graves:

    "É uma ação desumana nós querermos colocar a nossa Brigada Militar local a combater esse pessoal. Pelo tipo de armamento de alto calibre contra três ou quatro soldados da nossa comunidade. Então, acho que a Brigada age com prudência e muita responsabilidade em um ato como esse ao não enfrentar essas pessoas no momento em que está ocorrendo o assalto, porque seria uma verdadeira carnificina".

    Os criminosos assaltaram uma agência do Sicredi no município por volta das 13h. Segundo moradores, os bandidos chegaram encapuzados, atiraram e quebraram o vidro da agência. O prefeito destacou a semelhança da ação desta segunda-feira em relação a outros assaltos a banco realizados no município:

    "Se percebe que os fatos são todos iguais. Parece uma rotina, como quando a gente sai de manhã para o trabalho, vamos e voltamos pelos mesmos locais. Faço essa equivalência, porque é muito semelhante. Sempre fogem pelo mesmo local, no sentido de Entre Rios do Sul".

    Um vigia foi levado pelos criminosos, mas foi liberado no caminho. Na fuga, os bandidos quebraram vitrines de lojas com tiros. Pouco tempo após o crime, um Corolla foi encontrado abandonado na localidade de Linha Nova, segundo o comandante da BM de Três Palmeiras, sargento Roberto Peretti.

    Fonte: Gaúcha ZH

    Jornalismo Grupo Chiru