Menu

22°

Palmitinho - RS
25° max
20° min

Fechar

22°

Palmitinho - RS
25° max
20° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • RS vai sediar grande evento de inovação para os municípios

    Mais de mil prefeitos e prefeitas do país são esperados, entre 23 e 25 de novembro, em Nova Petrópolis, no Smart Cities Park, primeiro no Brasil focado na inovação na gestão municipal

    Pela primeira vez o Rio Grande do Sul vai sediar um grande evento com foco na inovação na gestão municipal. A expectativa da Famurs é reunir mais de mil prefeitos e prefeitas de todo o país entre 23 e 25 de novembro em Nova Petrópolis.

    O Smart Cities Park é promovido pela Associação dos Municípios de Turismo da Serra (Amserra), Famurs, Prefeitura de Nova Petrópolis, com a realização do Instituto Paulo Ziulkoski (IPZ). No total, discutirá mais de dez grandes temas relevantes para os gestores municipais, em mais de 27 palestras, além de visitas técnicas e pitchs de negócios acontecendo simultaneamente.

    Com uma programação abrangente, o Smart Cities Park vai tratar de conectividade, transformação digital, inteligência de dados, e apresentar exemplos práticos de como uma gestão disruptiva pode impulsionar novas abordagens para educação, saúde, iluminação pública, energia, finanças, gestão de obras e até na procuradoria municipal. No site do evento podem ser encontradas mais informações, além do acesso à área de inscrições, que são gratuitas para os prefeitos.

    - Escolhida como a nova bandeira do municipalismo, a inovação é um conceito que, ao ser incorporada na gestão pública, estimula, por um lado, um processo contínuo de aperfeiçoamento dos serviços públicos ao cidadão e, de outro, a promoção do  desenvolvimento econômico e social alicerçado em projetos que envolvem setor público, privado e as universidades -, sintetiza o presidente da Famurs, Paulinho Salerno.

    De acordo com o presidente do IPZ, Paulo Ziulkoski, políticas nacionais favorecem a adoção de iniciativas de cidades inteligentes, mas é no município, a partir dos governos locais, que o processo acontece com o engajamento das pessoas. “A inovação municipal deve ser aderente a todos tamanhos de comunidades. O Smart Cities Park vai apresentar justamente isso, diferentes modelos de políticas públicas capazes de serem aplicados das grandes às pequenas cidades. Sempre pensando com a visão municipalista que valoriza a troca de experiência entre as localidades, buscando sinergias com o compartilhamento de custos e riscos”, avaliou o presidente Ziulkoski.

    Prêmio Boas Práticas - Aproveitando a visibilidade nacional devido à presença de gestores municipais de todo o país, a Famurs escolheu o Smart Cities Park para divulgar os vencedores do Prêmio Boas Práticas. A premiação, em sua quarta edição, apresentou resultados recordes. Ao todo, 564 projetos, de 222 municípios gaúchos, disputam o reconhecimento em quinze categorias contempladas pela premiação.

    Cidades Inteligentes - O Smart Cities Park busca ampliar também o entendimento sobre o conceito de cidades inteligentes. Sobre o tema, está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, projeto de lei que institui a Política Nacional de Cidades Inteligentes (PNCI). São consideradas cidades inteligentes aquelas que promovem o desenvolvimento econômico sustentável e o uso de tecnologias para aprimorar e interconectar os serviços das cidades.

    Startups com soluções aos municípios - O governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira, confirmou presença no Smart Cities Park. Além do chefe do Executivo, o secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Alsones Balestrin, é outro grande parceiro do evento e, entendendo a importância de apresentar novas soluções para as gestões municipais de todo o país, vai reunir uma série de startups que participam do Programa Inova RS que desenvolvem soluções em diversos campos importantes para os municípios. De acordo com ranking do Centro de Liderança Pública (CLP), o RS pelo segundo ano consecutivo é considerado o Estado mais inovador do Brasil. A conquista considera cinco parâmetros, como patentes e empreendimentos inovadores. O RS possui 16 parques tecnológicos, 43 incubadoras e mais de mil startups a cada milhão de habitantes.

    Lançamento para imprensa - A imprensa, representada por mais de 23 profissionais de importantes veículos e mídias do RS, e os presidentes das 27 associações regionais de municípios participaram do lançamento oficial do Smart Cities Park no auditório da Famurs, n terça-feira, 25 de outubro, em Porto Alegre. Na oportunidade, todos os detalhes sobre o evento foram apresentados, com a presença do secretário de Turismo de Nova Petrópolis, Rodrigo Santos; o prefeito de Nova Petrópolis, Jorge Darlei Wolf; o presidente do IPZ, Paulo Ziulkoski e o presidente da Famurs e prefeito de Restinga Sêca, Paulinho Salerno.

    Saiba mais em http://www.smartcitiespark.com.br

    CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

    Quarta-feira, 23 de novembro

    AUDITÓRIO PRINCIPAL

    - 10 horas: Abertura do credenciamento

    - 14 horas: sessão solene de abertura

    - 16 horas: Palestra Magna

    Quinta-feira, 24 de novembro

    AUDITÓRIO PRINCIPAL

    - 9 horas: O Poder de Inovação do 5G

    - 10 horas: Inteligência artificial no gerenciamento municipal

    - 11 horas: Parceria Público Privada como solução de gestão

    - 14 horas: Governo Digital: desafios e oportunidades

    - 15 horas: Tecnologia na mobilidade urbana

    - 16 horas: Gestão Inteligente de Políticas Sociais

    AUDITÓRIO PARALELO

    - 9 horas: Inovação na Agropecuária

    - 10 horas: Cidades Inteligentes atraindo o Turismo

    - 11 horas: Desburocratização promovendo o empreendedorismo

    - 14 horas: Município Carbono Zero

    - 15 horas: Tecnologia alavancando a Receita Municipal

    - 16 horas: Contratações Inovadoras

    Sexta-feira, 25 de nvembro

    AUDITÓRIO PRINCIPAL

    - 9 horas: Inovação na gestão do saneamento

    - 10 horas: A tecnologia no apoio à segurança pública

    - 11 horas: Energia solar e a sustentabilidade ambiental

    - 14 horas: Rede Nacional de Blockchain

    - 15 horas: Cidades Empreendedoras

    - 16 horas: Gov.BR – Experiência da União com o governo digital

    AUDITÓRIO PARALELO

    - 9 horas: Governança Pública

    - 10 horas: Cidades Sustentáveis e a Inovação no Desenvolvimento Social dos Municípios apoiado nas ODS

    - 11 horas: Rede Nacional de Governos Digitais

    - 14 horas: Consórcios inovando a gestão pública

    - 15 horas: LGPD

    - 16 horas: O sistema Financeiro apoiando a Inovação Municipal

    * Fonte: Famurs

    Priscila Nhoatto - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Playlist Chiru com . 22:00 - 23:00

    FM
    91,1

    Deixa Rolar

    .

    22:00 - 00:00

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    22:00 - 00:00

    FM
    107,9

    Playlist Chiru

    .

    22:00 - 23:00