Menu

19°

Palmitinho - RS
33° max
18° min

Fechar

19°

Palmitinho - RS
33° max
18° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Aline Dequi Palma afirma que morte do prefeito de Lajeado do Bugre foi muito bem arquitetada

    Dez pessoas foram indiciadas pelo crime, uma está foragido

    A Polícia Civil indiciou dez pessoas pela morte do prefeito de Lajeado do Bugre, Roberto Maciel Santos e pela tentativa de homicídio contra o vice-prefeito Ronaldo Machado da Silva (Betinho), 45 anos, e do servidor público municipal, Marcelo de Campos Holff. Os crimes ocorreram em 24 de novembro.

    Em entrevista ao Manhã News desta terça-feira, 24 de janeiro, a delegada regional de Polícia, responsável pela 14ª Delegacia de Polícia Regional do Interior (14ª DPRI), Aline Dequi Palma, informou que as provas que estão nos autos do inquérito demonstraram que a motivação do crime é política. “O prefeito tinha uma desavença política com pessoas de uma organização criminosa e desde a época da eleição vinha recebendo ameaças de morte, que se concretizaram com o envolvimento de vários membros dessa organização criminosa que tem uma ramificação na região, inclusive no município de Lajeado do Bugre”, afirmou.

    A delegada regional de Polícia Civil destacou que o crime foi de difícil elucidação, porque foi “muito bem arquitetado”, com cada envolvido cumprindo sua parte. A Polícia Civil chegou à conclusão que os indiciados, em conjunto, organizaram, planejaram e executaram os crimes.

    Entre os indiciados, que responderão pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado e outros delitos conexos, nove estão presos preventivamente e um está foragido e todos estão ligados à mesma organização criminosa.

    Aline explicou ainda que entre os indiciados foi identificado o autor dos disparos, que está preso desde a madrugada de 24 de dezembro, quando foi localizado em São João Batista, Santa Catarina. O homem tem 28 anos, antecedentes criminais e inclusive outros mandados de prisão em aberto por homicídio e roubo.

    A delegada regional de Polícia ressaltou que a investigação contou com diversas equipes de policiais civis da 14ª DPRI, equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), além do apoio da Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e das Polícias Civil e Militar de Santa Catarina.

    Relembre o caso

    Um homem encapuzado invadiu a Prefeitura de Lajeado do Bugre e atirou contra o prefeito Roberto Maciel dos Santos, 45 anos, dentro do gabinete, no dia 24 de novembro.

    O homem chegou ao local em um Prisma. Imagens de câmeras de segurança registraram a ação que durou menos de dois minutos. Por volta das 11h20, o homem estaciona sozinho, desce do veículo e entra na prefeitura. Instantes depois, sai pela mesma porta, entra no automóvel e foge. 

    Confira a entrevista completa

    Priscila Nhoatto - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Corujão com . 00:00 - 06:00

    FM
    91,1

    Madrugada 91

    .

    00:00 - 05:30

    FM
    104,3

    Rede Gaúcha Sat

    .

    00:00 - 05:00

    FM
    107,9

    Corujão

    .

    00:00 - 06:00