Menu

29°

Palmitinho - RS
36° max
21° min

Fechar

29°

Palmitinho - RS
36° max
21° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Com o objetivo em desenvolver o transporte hidroviário nos municípios gaúchos, prefeitos da Famurs se reúnem com o presidente do porto de Barcelona

    A ação faz parte de um plano de ações da entidade que visa o desenvolvimento turístico nas bacias navegáveis do Rio Grande do Sul e o incremento de receitas que o transporte hidroviário pode gerar

    Desenvolver e fomentar outros modais de transporte é uma das bandeiras da Famurs na gestão do presidente Paulinho Salerno. Com este foco, um grupo de prefeitos e técnicos da Federação dos Municípios esteve na sede oficial do porto de Barcelona na Espanha e se reuniu com o presidente da organização portuária, Manuel J. Galán.

    Os dirigentes da Famurs convidaram o presidente do porto de Barcelona, Manuel J. Galán para vir até o Rio Grande do Sul realizar uma apresentação técnica e um estudo sobre como o transporte hidroviário gaúcho pode se transformar em uma potência econômica e sustentável.

    Conforme o presidente da Famurs, Paulinho Salerno, a ação faz parte de um plano de ações da entidade que visa o desenvolvimento turístico nas bacias navegáveis do Rio Grande do Sul e o incremento de receitas que o transporte hidroviário pode gerar para os municípios gaúchos. “Precisamos criar alternativas para desafogar o nosso sistema rodoviário. Um dos pilares da nossa Missão Internacional é levar soluções e cases que possam contribuir com o desenvolvimento dos nossos municípios gaúchos. Utilizamos pouco as nossas áreas navegáveis no Rio Grande do Sul e vemos no modelo do porto de Barcelona uma ótima oportunidade para o desenvolvimento do nosso sistema hidroviário. A evolução do transporte hidroviário dará agilidade para o deslocamento da nossa produção agrícola e também vai contribuir com o turismo e a sustentabilidade. Temos o exemplo dos moradores de Guaíba que se deslocam com o catamarã para Porto Alegre para trabalhar, com maior agilidade e não enfrentam o trânsito. E no final de semana, esse fluxo de trabalho se transforma em turismo, com pessoas da capital indo até Guaíba e vice-versa. Esse é o tipo de case que deve ser aplicado em outras partes do nosso Rio Grande do Sul”, avaliou o presidente da Famurs e prefeito de Restinga Sêca, Paulinho Salerno.

    O presidente do porto de Barcelona, Manuel J. Galán, explicou para a comitiva gaúcha que hoje são 40 mil empregos gerados com o trabalho desenvolvido no local. Conforme o dirigente, diversos portos e países se uniram para o desenvolvimento do conceito de Smart Ports, ou seja, portos inteligentes que trabalham em conjunto os conceitos de sustentabilidade e mobilidade. Os portos de Barcelona, Antuérpia, Hamburgo, Los Angeles, Montreal e Roterdã se uniram para o desenvolvimento destes projetos inovadores. Os dirigentes do porto de Barcelona receberam a comitiva gaúcha no departamento de reuniões e detalharam o funcionamento econômico da estrutura portuária. Depois conduziram o grupo para uma navegação técnica onde foi explicado o sistema de transporte do transporte hidroviário de Barcelona.

    Para o prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi, a visita técnica serviu para a abertura de uma ótima janela para o futuro dos municípios gaúchos. “Foi uma reunião completa. Tivemos a oportunidade de navegar e conhecer de perto toda a estrutura do porto de Barcelona. Além de todo o desenvolvimento econômico que o conceito de portos inteligentes gera, observamos também que os pilares da sustentabilidade estão fortemente presentes dentro deste conceito. Nossa missão agora é levar este modelo de sucesso para buscar desenvolver o sistema hidroviário dos municípios gaúchos. Temos grande potencial de aproveitamento de nossas águas. É um tema que merece toda a nossa atenção. Foi muito importante desenvolvermos esta relação. Será uma honra conseguirmos levar os representantes do Porto de Barcelona para detalharem a implementação deste modelo de sucesso que é desenvolvido em Barcelona”, disse o prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi.

    O coordenador técnico de Turismo e Agricultura da Famurs, Mário Nascimento revelou após a reunião que irá propor uma série de encontros entre a Famurs, a Confederação Nacional dos Municípios e os integrantes do porto de Barcelona para seguir aprimorando o tema. “Temos ótimas oportunidades após a relação construída nesta visita técnica ao porto de Barcelona. Desenvolver o sistema hidroviário gaúcho é potencializar o nosso turismo. Temos uma área navegável extremamente rica em nossos municípios. Além de desafogar o nosso trânsito, também vamos contribuir com o rápido deslocamento de nossa produção gaúcha. Precisamos colocar a lupa do desenvolvimento nesta área”, ressaltou o coordenador técnico de Turismo e Agricultura da Famurs, Mário Nascimento.

    Representantes de 67 municípios gaúchos banhados por rios, lagoas navegáveis e terrenos ribeirinhos já se reuniram na Famurs para buscar soluções para o tema. 

    A comitiva gaúcha presente na visita técnica do porto de Barcelona foi composta pelo prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi, o coordenador técnico de Turismo e Agricultura da Famurs, Mário Nascimento e o coordenador técnico de Comunicação da Famurs, Voltaire Santos. Os dirigentes representaram o presidente da Federação das Associações de Municípios do RS, Paulinho Salerno.

    *Com informações Ascom Famurs/ Voltaire Santos

     

    Priscila Silveira - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Tá na Hora com Edinei Dal Asta 08:00 - 10:00

    FM
    91,1

    Ótimo Dia

    Marcinho San

    09:00 - 11:00

    FM
    104,3

    Manhã News

    Luciano Belinaso com a participação da equipe de reportagem do Grupo Chiru

    07:15 - 10:00

    FM
    107,9

    Tá na Hora

    Edinei Dal Asta

    08:00 - 10:00