Menu Ouça ao vivo

Fechar

  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Confirmado primeiro caso de H1N1 de Frederico Westphalen

    Secretaria de Saúde alerta sobre os cuidados necessários

    Foi confirmado na última sexta-feira, 7 de junho, o primeiro caso de H1N1 (Gripe A) de Frederico Westphalen em 2019. Segundo a Secretaria da Saúde, o paciente está fazendo o tratamento em Ijuí.


    Com o objetivo de imunizar a população, o município realizou a Campanha contra a Gripe vacinando o público-alvo, que inclui, conforme a orientação do Ministério da Saúde, crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); grávidas em qualquer período da gestação; idosos com 60 anos ou mais; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados; professores de escolas públicas e privadas e portadores de doenças crônicas não transmissíveis.
    Entre 10 de abril a 31 de maio, apenas o público-alvo recebeu a imunização. Após esse período a vacina foi liberada à população.

    Até a sexta-feira, 7 de junho, cerca de 9.600 doses da vacina contra a gripe foram disponibilizadas nos Postos de Saúde. Frederico Westphalen obteve uma cobertura vacinal de 100,35% do público-alvo, ultrapassando a meta de 90%.

    De acordo com a Secretaria da Saúde, com a grande procura, o município não tem doses disponíveis da vacina, e, caso a 19ª Coordenadoria Regional da Saúde disponibilize mais doses, a população será informada.
    Com a confirmação do primeiro caso de H1N1 no município, a administração alerta que os sinais da gripe A são muito parecidos com os da gripe comum, apresentando mais alterações gastrointestinais. Os sintomas mais comuns são: febre, tosse, dor de garganta, mal-estar, cefaleia, vômito e diarreia.
    Ao sentir estes sintomas, a pessoa deve imediatamente procurar uma das Unidades Básicas de Saúde de FW, para que o tratamento adequado possa ser feito. A gripe H1N1 tem cura, e o diagnóstico precoce é fundamental.

    TRANSMISSÃO
    A transmissão ocorre da mesma forma que a gripe comum, ou seja, por meio de secreções respiratórias, como gotículas de saliva, tosse ou espirro, principalmente. Após ser infectada pelo vírus, a pessoa pode demorar de um a quatro dias para começar a apresentar os sintomas da doença. Da mesma forma, pode demorar de um a sete dias para ser capaz de transmiti-lo a outras pessoas.

    Fonte: Ascom/Prefeitura de Frederico Westphalen

    Jornalismo Grupo Chiru