Menu

27°

Palmitinho - RS
32° max
11° min

Fechar

27°

Palmitinho - RS
32° max
11° min
  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • Escola de Boa Vista das Missões conquista o 1º lugar em concurso de educação fiscal

    Projeto desenvolvido pelo educandário visa diminuição do consumo de energia e compreensão dos tributos pagos

    A Escola Estadual de Ensino Médio Lucila Nogueira de Boa Vista das Missões ficou com o 1º lugar na categoria Ensino Fundamental, anos iniciais, no concurso estadual “Professores Pensam a Transversalidade na Educação Fiscal”

    O projeto “É por minha conta” de autoria da professora e coordenadora pedagógica, Gabriela Cornelli dos Santos, tem o objetivo ensinar aos alunos do 4º e 5º ano, a função social do tributo por meio da observação da fatura de energia elétrica, de maneira que possa capacitar os estudantes a terem autonomia para ler e compreender boletos, faturas e carnês, dentre outros gêneros do campo da vida cotidiana. Além disso, o trabalho se propõe a auxiliar os educandos e suas famílias a diminuírem o consumo de eletricidade, e consequentemente, contribuírem com o orçamento familiar.

    Alinhado às habilidades da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), e com base na cartilha “Aprendendo a ser Cidadão”, da Receita Estadual, o projeto contou com o apoio da Administração Municipal e com o Grupo de Educação Fiscal Municipal (Gefim), e será realizado em seis aulas expositivas, com alunos de 4º e 5º ano, na disciplina de Produções Interativas, ministrada pela professora Clair Ludke, e coordenado por Gabriela, a idealizadora do “É por minha conta”. A previsão é que o projeto seja aplicado no retorno das atividades escolares presenciais.

    Gabriela conta que a inspiração para a elaboração do projeto veio de uma interação com sua filha, aluna do 5º ano, que estava sentindo dificuldades em entender a conta de luz. “Eu comecei a explicar para ela e percebi seu interesse pelo assunto, aí surgiu a ideia de trabalhar a cidadania dos alunos das séries iniciais sobre o tributo”. Mestre em Literatura, a educadora menciona que esse é seu primeiro de educação fiscal e que a classificação foi uma surpresa muito boa. “Sempre fiz diversos projetos voltados às linguagens muito exitosos, mas nunca nesta área de educação fiscal, então surgiu o concurso estadual e eu resolvi me desafiar”, relata.

    O próximo passo da professora é buscar o Prêmio Nacional de Educação Fiscal, em que já inscreveu o projeto, e que está bastante otimista.

    O concurso

    O concurso estadual “Professores pensam a transversalidade na educação fiscal” faz parte das ações do Programa de Integração Tributária (PIT), desenvolvido pela Divisão de Promoção e Educação Tributária da Receita Estadual (DPET) e Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul. Com sua classificação em primeiro lugar, Gabriela receberá como bonificação um celular iPhone doado pela Receita Federal do Brasil. Devido a pandemia, não haverá cerimônia de solenidade, de modo que o prêmio e o certificado serão enviados por correio.

    *Com informações Ascom/20ªCRE

    Heloise Santi - Jornalismo Grupo Chiru
    No Ar: Boteco da Chiru com Carlos Braga 19:00 - 21:00

    FM
    107,9

    Boteco da Chiru

    Carlos Braga

    19:00 - 21:00

    FM
    91,1

    Hits da 91

    Jaisson Argenta

    19:00 - 21:00

    FM
    104,3

    Programa do Julinho

    Julinho Balestrin

    19:00 - 21:00