Menu Ouça ao vivo

Fechar

  • O Grupo
  • Anuncie
  • Contato
  • FW anuncia pavimentação e recuperação de trechos de 42 ruas da cidade

    Serão investidos mais de R$ 5 milhões com recursos de financiamento na Caixa, emenda parlamentar e recursos próprios

    A Administração de Frederico Westphalen anunciou nesta segunda-feira, 12, o programa “Pavimenta Ação” que prevê obras em infraestrutura no município. No total, R$ 5.602.321,04 milhões serão investidos em pavimentação, recapeamento e revitalização de vias na área central e nos bairros onde serão beneficiadas 103 quadras em 42 ruas, resultando em 93.946,77 mil m² de área pavimentada.

    Segundo o prefeito José Alberto Panosso, este é a maior ação de pavimentação da história do município. “Passamos por diversas dificuldades na nossa administração, mas precisávamos dar essa resposta à população que tanto nos pede melhorias nas vias da cidade. É um projeto que busca melhorar a mobilidade urbana, a qualidade de vida da população e até atrair novos investimentos. Por isso, reitero que será um projeto inicial, mas nós vamos seguir buscando recursos junto com os deputados e bancadas para contemplar mais ruas com pavimentação”, salientou.

    De acordo com a secretária da fazenda, Simone Duarti, os recursos a serem aplicados nas obras são de um financiamento feito pela administração junto à Caixa Econômica Federal, emenda parlamentar do deputado Alceu Moreira e do caixa da prefeitura. “O projeto está sendo lançado e será iniciado agora, porém, segue em 2020”, completou a secretária.

    O presidente da Câmara, Inácio Panosso Junior, que acompanhou o lançamento reafirmou o compromisso do legislativo em garantir que projetos que visam beneficiar a comunidade sejam aprovados. “Passou pela Câmara o projeto de busca de recursos e também o de investimento em melhorias, ambos foram aprovados porque nosso objetivo é ajudar no desenvolvimento do município”, disse.

    Serão feitas obras de recapeamento e pavimentação. O recapeamento prevê 37 quadras 11 ruas que totalizam 41.645,47 mil m² de área pavimentada. Para isso será feito o investimento de R$ 1.488.914,09. As obras estão previstas para iniciar no dia 20 de agosto e deverão ser concluídas em cinco meses. “Nesse caso, já temos a empresa vencedora da licitação e a obra será uma reperfilagem e recapeamento do trecho, sem alteração da estrutura já existente no local, pois a maioria delas já tem canalização de escoto, o pluvial e tubulação de água pronta”, comentou o engenheiro da prefeitura, técnico responsável pelos projetos, Fábio Vanzin.

    O prefeito aproveitou a oportunidade para pedir à população que aproveite esse período, antes das obras de melhorias para solicitar ligações de água, luz, esgoto, junto a Corsan, ou RGE para que o asfalto após recuperado não precise ser quebrado novamente.

    Trechos a serem recuperados

    Rui Barbosa (trecho entre Luis Milani e Carlos Gomes)

    Aparício Borges (trecho entre Arthur Milani até a Tranquilo Damo

    Tranquilo Damo (trecho entre Aparício Borges e Monsenhor Vitor Batistela)

    Monsenhor Vitor Battistella (trecho entre Ivoti e Presidente Kennedy)

    Tenente Portela (trecho entre a Aparício Borges e Miguel Couto)

    Presidente Kennedy (trecho entre Rua do Comércio e Antônio Boscardin)

    Antônio Boscardin (trecho entre Presidente Kennedy e José Cañellas)

    Alfredo Haubert (trecho entre Rua do Comércio e Miguel Couto)

    Miguel Couto (trecho entre Tenente Portela e Arthur Milani)

    Seringueira (trecho entre Miguel Couto e João Muniz Reis)

    João Muniz Reis (trecho entre Rui Barbosa até Tenente Portela)

    Obras de pavimentação

    Neste primeiro momento, serão realizadas as obras de infraestrutura em 50 quadras de 19 ruas, totalizando 42.368,80 mil m² de área pavimentada, com investimento de R$ 2.324.014,58 milhões. As obras contemplam rede pluvial, asfaltamento e sinalização das vias. A previsão é de que a licitação ocorra até 30 de agosto e a conclusão em 12 meses (a partir do início das obras).

    Na segunda etapa serão realizadas as obras de infraestrutura em 16 quadras de 11 ruas, totalizando 7.532,50 mil m² de área pavimentada, com investimento de R$ 826.340,47 mil. As obras também contemplam rede pluvial, asfaltamento e sinalização das vias. A previsão é de que a licitação ocorra até 30 de setembro e a conclusão em seis meses (a partir do início das obras).

    – Sabemos que são demandas antigas, mas que agora vamos conseguir atender à comunidade – complementou o vice-prefeito Diogo Duarte ao reafirmar que alguns pleitos como o do bairro Avamau são históricos dentro do município.

    Pavimentação: 1ª etapa

    Rua Rio Grande, trecho compreendido entre as ruas Tomé de Souza e Bem te Vi;

    Rua Tupi, trecho compreendido entre as ruas Crisântemos e Itaí;

    Rua Argentina, trecho compreendido entre as ruas Crisântemos e Itaí;

    Rua Pinheirinho, trecho compreendido entre as ruas Crisântemos e Itaí;

    Rua Guararapes, trecho compreendido entre as ruas Crisântemos e Itaí;

    Rua São Francisco de Assis, trecho compreendido entre a av. São Paulo e Rua das Camélias;

    Rua Ivoti, trecho compreendido entre as ruas Antônio Boscardin e Aparício Borges;

    Avenida Luiz Milani, trecho compreendido entre a av. João Muniz Reis e rua Carlos Gomes;

    Rua 1º de Maio, trecho compreendido entre as ruas 15 de Novembro e sem saída;

    Rua 1º de Maio, trecho compreendido entre as ruas 15 de Novembro e Tuiuti;

    Rua Santos Dumont, trecho compreendido entre a rua Vicente Dutra e o Aeroclube;

    Rua Santo Angelo, trecho compreendido entre a av. São Paulo e rua Brasília;

    Rua Monsenhor Vitor Batistella, trecho compreendido entre as ruas Tranquilo Damo e São João Ruaro;

    Rua Capitão Raimundo, trecho compreendido entre as ruas Santa Rita e Cabo Rocha;

    Rua Presidente Kennedy, trecho compreendido entre a av. João Muniz Reis e rua Piratini;

    Rua João Trentin, trecho compreendido entre as ruas Monsenhor Vitor Batistella e Santa Rita;

    Rua Brasília, trecho compreendido entre as ruas São Francisco de Assis e Garibaldi;

    Rua Analísio Bossoni, trecho compreendido entre as ruas Arthur Ambros e Ervino Anuschek;

    Rua Arthur Ambros, trecho compreendido entre as ruas Arthur Milani e Analisío Bossoni;

    Pavimentação: 2ª etapa

    Rua Carlos Gomes trecho compreendido entre as ruas Arthur Milani e Tenente Lira,

    Rua Piratini trecho compreendido entre as ruas Arthur Milani e Tenente Lira,

    Rua Marechal Floriano trecho compreendido entre as ruas Arthur Milani e Tenente Lira,

    Rua 174 trecho compreendido entre as ruas Ângelo Milani até lote particular

    Rua 175 trecho compreendido entre as ruas Ângelo Milani até lote particular,

    Rua 176 trecho compreendido entre as ruas Ângelo Milani até lote particular,

    Rua Guanabara trecho compreendido entre as ruas Miguel Couto até Av. Mauricio Cardoso,

    Rua Hermínia Milani trecho compreendido entre as ruas Arthur Milani até Marcilio Dias,

    Rua Marcilio Dias trecho compreendido entre as ruas Hermínia Milani até 21 de abril,

    Rua Tenente Lira trecho compreendido entre as ruas Primeiro de Maio e Antônio Boscardin,

    Travessa sem denominação trecho compreendido entre as ruas 175 e 176.

    Revitalização da Maurício Cardoso

    No total, a área beneficiada será de 2.400 mil m². A principal alteração na Maurício Cardoso será a mudança de foco da rua, que passará a priorizar os pedestres, diminuindo o espaço para os veículos. Para isso, as calçadas serão ampliadas permitindo a passagem de automóveis em apenas um sentido. As obras iniciaram dia 29 de julho e deverão ser finalizadas em, no máximo, cinco meses. Valor investido é de R$ 535.916,32.

    Jornalismo Grupo Chiru